dezembro 2020 Redução de custos – Energia solar

Com a pandemia e a necessidade drástica de reduzir custos para fazer frente à queda de receitas, muitos aeroportos colhem agora os excelentes frutos da aposta em geração de energia por meio de painéis solares. Inspirados por esses resultados, outros agilizam o processo nesse investimento. Como mostra reportagem do site Airport Technology, diversos terminais estão anunciando projetos e apresentando pilotos de energia solar que cumprem metas de redução de emissões de gases de efeito estufa e ainda reduzem custos.

Na Índia, isso já é uma realidade desde 2015. O Cochim International Airport, no estado de Kerala, foi o primeiro hub mundial abastecido inteiramente por energia solar. São cerca de 46 mil painéis fotovoltaicos em uma área de mais de 180 mil m2 que produzem 12 MW, mais até do que o aeroporto precisa. Pelos cálculos dos responsáveis pelo Cochim International, o investimento se paga agora em 2021 e, ao longo de 25 anos, serão evitadas, no total, cerca de 300 mil toneladas de CO2 em emissões.

No Kuala Lumpur International Airport, na Malásia, a falta de espaço para uma fazenda solar obrigou o operador do aeroporto a utilizar os telhados dos terminais e a construir suportes para elevar os painéis solares que acabaram se convertendo em abrigos no estacionamento do aeroporto. O resultado são 19 MW que, por ano, poupam quase US$ 630 mil em despesas com energia elétrica.

Outro aeroporto que aproveitou o espaço do estacionamento para instalar painéis fotovoltaicos foi o Minneapolis-St. Paul International Airport, nos EUA. Com 400 mil operações por ano, o terminal instalou quase 12 mil painéis em 2015, o bastante para suprir 20% do seu consumo energético. As estimativas de economia chegam aos US$ 14 milhões em 30 anos de uso.

No aeroporto Melbourne o projeto de uma fazenda solar perto da cabeceira da pista está em fase final e vai começar a gerar energia já no início de 2021. Com 150 mil m2, o complexo de painéis será capaz de gerar anualmente 17 mil GWh, suficiente para suprir de 15% a 20% da energia consumida pelos quatro terminais do segundo maior aeroporto australiano.

Redução de custos - Energia solar
Associados Dados do setor Contato

SHS Quadra 06, Complexo Brasil 21
Torre A, Sala 207 Asa Sul, Brasília
CEP: 70.316-102
Telefone: (61) 3039-9561

Sigam-nos!
© 2019 ANEAA - Todos os direitos reservados