Dados
do Setor
Satisfação do passageiro Infraestrutura
Sobre a ANEAA

O Brasil empreendeu nos últimos anos profundas mudanças que conduziram o sistema aeroportuário a um novo tempo. Graças ao novo modelo de concessões, criado para dar resposta aos megaeventos realizados no País entre 2014 e 2016 e ao formidável aumento da demanda por viagens aéreas, foram construídos novos terminais e aeroportos que já são referência na América Latina.

Saiba mais
Airport News
Vídeo mostra distribuição de vacinas por aeroportos associados à Aneaa

Os passageiros podem não ter voltado completamente, mas os aeroportos continuam transportando sonhos. No momento em que a vacinação se acelera no Brasil com a chegada cada vez maior de insumos para a produção dos imunizantes locais e a distribuição dessas vacinas por todo o território nacional, a Aneaa produziu e divulgou um vídeo mostrando a importância dos aeroportos associados para a logística dessa batalha contra a pandemia.

O vídeo, que mostra imagens de insumos e vacinas chegando aos aeroportos de Brasília, GRU Airpoort, BH Airport, Viracopos, RioGaleão e ao Aeroporto de Natal, foi viralizado pelo Whatsapp, divulgado nas redes sociais da Aneaa (Twitter, Facebook, Instagram e LinkedIn) e replicado por vários entes do setor de infraestrutura nacional, órgãos de governo e outras associações, tendo sido visto, até agora, por dezenas de milhares de pessoas.

“Nesse momento de grande mobilização nacional pela vacinação, destacam-se a capacidade logística e a agilidade dos aeroportos operados pela iniciativa privada”, afirma Douglas Rebouças, Diretor Executivo da Aneaa.

saiba mais
Campanha pelo uso de máscaras corretas
A Aneaa juntou-se ao esforço feito por diversas entidades do setor aéreo para a conscientização pelo uso de máscaras adequadas e de forma correta nos aeroportos e aviões. Baseada em determinações da Anvisa, a campanha lançada pela Aneaa no início de abril mostra as máscaras que estão autorizadas a embarcar nos voos domésticos e internacionais a partir do Brasil.

A peça divulgada nas redes sociais mostra também os tipos de máscaras que não são autorizadas pela Anvisa nos aeroportos e aviões, como as que possuem apenas uma camada, as com válvulas de expiração, as de acrílico ou plástico transparente e bandanas, lenços ou face shields sem máscaras por baixo.

Com a hashtag #nãopercaseuvoo, a campanha também lançou um alerta de que a chegada ao aeroporto com máscaras inadequadas pode causar atrasos inesperados. A busca pela proteção correta e aprovada pela Anvisa retira o risco de gastar tempo adicional com a busca de máscaras nos aeroportos e até a possibilidade de perder o voo.

saiba mais
IATA Travel Pass passa a ser aceito no Changi Airport
A partir de 1º de maio, passageiros que viajarem para Cingapura poderão usar o IATA Travel Pass para compartilhar seus resultados de PCR covid-19 no check-in da companhia aérea, antes do embarque, e na chegada aos pontos de controle de imigração no Aeroporto de Changi (SIN). A Autoridade de Aviação Civil de Cingapura (CAAS) passou a aceitar o uso da ferramenta após testes bem-sucedidos realizados com a Singapore Airlines, como parte de uma colaboração entre a CAAS e a IATA para facilitar viagens por meio de certificados digitais de testes de covid-19 de laboratórios credenciados.

A IATA acredita que os certificados digitais de saúde serão um recurso fundamental no futuro das viagens aéreas, estabelecendo soluções confiáveis ​​e seguras para verificar as credenciais de saúde dos viajantes, facilitar as viagens aéreas e proteger a saúde pública.

Solução de carteira digital pessoal segura que pode ser usada pelos passageiros para obter e armazenar os resultados dos testes COVID-19 de laboratórios credenciados, o IATA Travel Pass permite aos viajantes criar no seu dispositivo móvel uma versão digital segura de seu passaporte, inserir detalhes do voo para conhecer restrições e exigências da sua viagem e receber os resultados dos testes, obtendo uma confirmação de que atendem a todos os requisitos do destino.

O IATA Travel Pass “oferece aos viajantes um balcão único para ajudá-los a cumprir as novas regras de viagens. Isso mostra que os governos podem gerenciar com eficiência as exigências de viagem com total confiança na identidade do passageiro e na veracidade das credenciais – e o mais importante, evitando longas filas”, diz Alexandre de Juniac, CEO da IATA.

O sucesso de nossos esforços conjuntos fará da parceria da IATA com o governo de Cingapura um modelo a ser seguido por outros”, disse Willie Walsh, Diretor Geral da IATA.

Já o diretor geral do CAAS, Kevin Shum, diz que a parceria “demonstra o compromisso de impulsionar a adoção de certificados digitais de saúde e restaurar as viagens aéreas internacionais”.

saiba mais
CCR e Vinci ganham 6ª rodada de concessões aeroportuárias
Mesmo em meio à pandemia de covid-19 e à maior crise já vivida pelo setor de aviação comercial desde a II Guerra Mundial, o governo brasileiro conseguiu leiloar 22 aeroportos com um ágio de 3.822% sobre o preço mínimo. A CCR, que opera BH Airport em sociedade com a Zürich Airport e a Infraero, foi a grande vencedora do leilão arrematando 15 terminais dos blocos Sul e Central. Já a Vinci Airports, que opera o aeroporto de Salvador, ficou com os sete aeroportos do bloco Norte.

Ao todo, o governo arrecadou, em outorgas, R$ 3,3 bilhões com essa 6ª rodada de leilões, garantindo ainda outros R$ 6,1 bilhões em investimentos ao longo dos 30 anos de concessão.

O Bloco Sul reúne os aeroportos de Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Londrina (PR), Joinville (SC), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS).

No Bloco Central, estão os terminais de Goiânia (GO), São Luís (MA), Teresina (PI), Palmas (TO), Petrolina (PE) e Imperatriz (MA).

Já o Bloco Norte contempla os aeroportos de Manaus (AM), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Tabatinga (AM), Tefé (AM) e Boa Vista (RR).

No ano passado, a 5ª rodada já havia leiloado 12 terminais. Desde 2011, quando o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN) foi leiloado, 44 aeroportos já foram concedidos à iniciativa privada. Para a 7ª rodada de concessões, em 2022, estão previstos mais 20 aeroportos, entre eles dois exclusivamente voltados para voos domésticos, mas com as maiores movimentações de passageiros do país: Congonhas, em São Paulo, e o Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

saiba mais
Clique aqui para ver mais notícias
ANEAA nas redes sociais
Sigam-nos!
Associados Dados do setor Contato

SHS Quadra 06, Complexo Brasil 21
Torre A, Sala 207 Asa Sul, Brasília
CEP: 70.316-102
Telefone: (61) 3039-9561

Sigam-nos!
© 2019 ANEAA - Todos os direitos reservados