Notícias



Aeroporto de Viracopos inaugura complexo frigorífico

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos inaugura hoje, dia 31 de julho, o novo complexo frigorífico do Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Viracopos. Além da modernização do local, foram construídas mais duas câmaras e uma antecâmara de armazenagem, passando de 13.000m³ para 21.000m³ de área total. Agora, Viracopos possui 11 câmaras frigoríficas de armazenagem. Com isso, a capacidade foi ampliada em quase 40%.

Entre as principais melhorias estão o controle da variação das temperaturas, conforme a demanda; entrada e saída independentes; controle de umidade; temperaturas ajustáveis de -18°C até +22°C; portas rápidas; monitoramento de temperatura; área segregada para produtos da Linha Saúde; e equipe treinada e dedicada ao atendimento das cargas da linha saúde. Com investimento de R$ 4 milhões, o novo complexo frigorífico irá agilizar os processos de recebimento, atracação e armazenamento dos materiais perecíveis, reduzindo o tempo em que estarão expostos às temperaturas externas.

“Além dos investimentos feitos na infraestrutura do terminal de carga, nós mudamos a metodologia de armazenagem para produtos da linha saúde. Isso vai permitir o armazenamento segregado entre as diferentes famílias desses produtos”, disse o diretor de Operações de Viracopos, Marcelo Mota. “Também reformulamos o Manual de Boas Práticas de Armazenagem para produtos da Linha Saúde e promovemos treinamentos específicos das equipes atuantes na área”, completou Mota.

Foi construída uma antecâmara em área anexa às câmaras frigoríficas, compreendendo um intervalo de temperatura entre 16º C e 22º C. Essa instalação facilita a atuação dos órgãos federais nas vistorias de cargas perecíveis, especialmente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que poderá executar as atividades de fiscalização com mais segurança e agilidade. O novo complexo frigorífico também conta com novas salas administrativas para atuação da fiscalização no trânsito aduaneiro e liberação de cargas nacionalizadas no aeroporto, dando mais conforto a equipe de fiscais nas atividades de rotina. Cerca de 7% das cargas que passam pelo aeroporto mensalmente necessitam do armazenamento nas câmaras frigoríficas.

Viracopos investiu também no redesenho do processo de recebimento de cargas, com o intuito de acelerar o fluxo, gerando maior agilidade e confiabilidade nos processos de recebimento e armazenamento da carga. Além de atuar na ampliação da infraestrutura, como, por exemplo, a extensão da cobertura da área do Terminal de Cargas dedicada à importação, que agrega área útil para a movimentação de cargas.

Além disso, o aeroporto trabalha em um projeto-piloto para melhorar o fluxo de informações entre empresas aéreas, agentes de cargas e o aeroporto. A iniciativa visa dar maior agilidade ao processo de cargas perecíveis. “Para isso, precisamos que material venha devidamente identificada com o encaminhamento de informações prévias, como, por exemplo, o número exato do equipamento aeronáutico que a carga está acondicionada, horário previsto de chegada do voo, conhecimento aéreo, quantidade de volumes, peso e natureza do produto”, disse o Assessor de Negócios de Carga de Viracopos, Adam Cunha.

Terminal de Cargas
Desde o início da administração de Viracopos, a concessionária investiu cerca de R$ 30 milhões em reformas, melhorias e compra de equipamentos no Terminal de Cargas do aeroporto, de acordo com a gerência de Operações de Cargas.

Foram construídas novas salas e reformados banheiros e o refeitório. Além disso, a área de importação teve a cobertura ampliada, o estacionamento e a área das docas foram aumentados e foram adquiridas novas e modernas empilhadeiras. Nos próximos meses, Viracopos deve investir mais R$ 30 milhões em diversas melhorias, aquisição de equipamentos e obras no terminal de cargas.

 

Fonte: Imprensa Viracopos