Notícias



Aeroporto de Guarulhos permite reservar vaga de estacionamento

Motoristas não precisam mais temer aquele aviso de “estacionamento lotado” no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Um serviço lançado pela Estapar e pela Gru Airport, que administra o local, permite reservar uma vaga pela internet com até 24 horas de antecedência – o que evita transtornos, especialmente em vésperas de feriado, quando o movimento é maior.

Por enquanto, o serviço está disponível só para o edifício-garagem do aeroporto, que fica no novo terminal internacional e tem 2,6 mil vagas (34,6% do total). Cumbica é o primeiro do País a receber a facilidade. “Esse é o aeroporto mais importante da América Latina, por isso decidimos começar nele a operar o sistema”, diz André Iasi, diretor executivo da Estapar.

“Começamos pelo Terminal 3 porque é de onde saem os voos internacionais, com rotas mais longas, em que o cliente consegue programar melhor a viagem. Ao mesmo tempo, podemos dar maior comodidade a ele e melhorar sua experiência”, afirma. Não há cronograma, mas a expectativa é de que nos próximos meses o serviço se estenda para os outros pátios, dos Terminais 1, 2 e 4.

Para usar o serviço, que não tem custo adicional, basta acessar o site da Gru Airport ou da Estapar – em celular e tablets também funciona – e cadastrar o cartão de crédito. O usuário seleciona o horário estimado de chegada e o de saída e recebe por e-mail um QR Code (código de barras lido pelo celular).
Na entrada do edifício, já existem duas cancelas exclusivas para acesso com o código. Não é possível escolher uma posição específica, mas seu lugar está garantido durante aquele horário – se houver atraso, basta pagar o valor a mais no guichê do aeroporto. O valor por hora no estacionamento é de R$ 12. Quem fizer a reserva pelo site ganhará 20% de desconto se chegar entre meia-noite e 6 horas.

A facilidade já existe no Allianz Parque, na zona oeste de São Paulo, mas de uma maneira um pouco diferente. “No aeroporto, você determina horários e busca casar com a sua viagem ou quando vai buscar alguém; no estádio, você paga pelo evento: jogo ou show”, explica Iasi.

O modelo é inspirado nos aeroportos europeus. “Em Heathrow (Londres) e em Schiphol (Amsterdã), 80% das pessoas usam o sistema de reserva antecipada para estacionar. Lá, isso já existe há uns três, quatro anos, e houve total adesão”, diz.
Interesse

O designer Luiz Felipe Castilho, de 27 anos, diz que costuma estacionar para deixar ou buscar parentes em Cumbica. Para ele, o serviço ainda não é essencial. “Acho que não usaria porque nesse novo estacionamento (do Terminal 3) já ficou bem fácil parar. Nunca tive problemas (com falta de vagas), vou até os pisos superiores, onde há bastante lugar perto do elevador”, comenta.

A produtora de eventos Júlia Prieto, de 29 anos, elogiou a ideia: “É um ótima novidade, porque há dias em que é difícil achar vaga, você se enrola, se atrapalha no horário. Já vi gente estacionada em cima do murinho da calçada em Cumbica”.

 

Fonte: Estadão